apresentacao

O SpeedNetworking.com.pt funciona como uma plataforma que potencia o desenvolvimento do networking empresarial. Ao participar num dos nossos eventos terá a oportunidade de ampliar a sua rede de contactos profissionais e a possibilidade de gerar novas oportunidades de negócios.

Saiba mais...

Revista Sábado

TÍTULO: Speed Networking chega a Portugal
SUB-TÍTULO: Negócios instantâneos
DATA: 3 de Abril de 2008

Vale tudo: gesticular, tomar notas, acelerar a conversa e subir o tom de voz. O único limite no Speed Networking - que significa "rápida ligação em rede" - é o tempo: as conversas entre empresários são cronometradas e só duram cinco minutos.

No segundo encontro do género em Portugal, promovido pela Big Eventos no espaço da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) em Algés, no dia 27 de Março, o rigor cumpriu-se. Ao toque de uma velha sineta, trocaram-se cartões e apertos de mão. Depois, recomeçou tudo.

O speed networking nasceu nos EUA e é a adaptação ao mundo dos negócios dos encontros entre solteiros (o speed dating, inventado por um rabi no final dos anos 90). O seu objectivo é fomentar contactos, parcerias e novas relações, sobretudo entre pequenas e médias empresas.

A moda estreou-se em Portugal em Janeiro e, segundo Miguel Moreira, da Big Eventos, estão previstos novos encontros já este mês e em Maio, em Lisboa e no Porto. Para participar, paga-se 25 euros e indicam-se as áreas onde se gostaria de estabelecer contactos. Nos primeiros encontros estiveram profissionais de ramos como turismo, imobiliário, marketing e vendas.

Alguns resultados são imediatos, como sucedeu com Carlos Gonçalves e Hélder Marques, que se conheceram em Janeiro. O primeiro, do Espaço Ávila, aluga escritórios virtuais no centro de Lisboa; o segundo, da Aquabranding, gostou da ideia e mudou a sede virtual da sua empresa (que funciona em Queijas) para esse espaço.

Também há casos em que os contactos demoram mais. O telefone de Leonor Figueiredo, por exemplo, só tocou duas semanas depois do encontro. A sua empresa de limpezas, a Pano Mágico, fora recomendada por um dos empresários que conheceu no speed networking.

CONTACTOS E CARTÕES

O speed networking não atraí apenas empresários: advogados, designers e outros profissionais também entram. Sofia Baptista, 36 anos, levou uma mão cheia de cartões-de-visita para apresentar a sua empresa de design e publicidade, Design98, aos outros participantes. A sua participação no segundo speed networking foi uma estreia, mas teve alguns frutos: trocou contactos com um agente imobiliário que recomendará a quem pensar em vender casa.

Voltar